Gestão de lojas virtuais: 4 dicas para fazer o seu negócio crescer

4 min de leitura

A época em que as coisas eram vendidas só presencialmente já passou há muito tempo, é preciso focar na Gestão de lojas virtuais. Atualmente, a nova tendência são os e-commerces, que permitem realizar transações comerciais totalmente online. 

Gestão de Lojas Virtuais
Gestão de Lojas Virtuais é configurações da loja, controle de pedidos, cadastro de produtos, controle de estoque, etc.

Entretanto, a facilidade desse tipo de negócio não significa que ele não deve ser gerenciado. Nesse cenário, as técnicas de gestão de lojas virtuais surgem como uma estratégia de ouro para os empreendedores. 

Está curioso para conhecê-las e pô-las em prática para garantir que o seu negócio cresça? Então, continue lendo esse post e descubra ótimas maneiras de realizar isso!

1. Faça um planejamento para Gestão de Lojas Virtuais

Uma boa gestão de lojas virtuais começa com um ótimo planejamento. Por isso, antes de colocar o seu negócio na rede é necessário que você saiba exatamente o que você pretende com ele. 

Por exemplo, uma empresa que faz coleta e reciclagem de lixo eletrônico dificilmente irá atuar em todo o território nacional, ou seja, os seus serviços costumam ficar centralizados em um estado ou região. 

É muito importante que você estabeleça todos os objetivos e metas durante o planejamento. A partir deles, você conseguirá observar se o seu negócio está funcionando de maneira adequada. 

Lembre-se: Não é porque a loja não possui uma sede física que não deve ser muito bem estruturada em todas as pontas, inclusive financeiramente. 

2. Tenha um site adequado

A internet permitiu que muitas pessoas realizassem o sonho do negócio próprio. Todavia, não é porque ele está na internet que ele não tem chances de falir, o que faz com que a gestão de lojas virtuais tenha que estar sempre em ação. 

Uma pessoa que deseja vender online precisa ter uma plataforma adequada para divulgar os seus produtos. Na atualidade, existem algumas plataformas de comércio eletrônico que reúnem vários fornecedores, como o Mercado Livre, o iFood, o Rappi, o Uber Eats, etc. 

No entanto, nem todos desejam anunciar nessas plataformas, o que requer a criação de um site próprio. Se você é alguém que deseja uma página própria, é bom já começar a pensar na contratação de um programador.

LEIA TAMBÉM:  Empreendedorismo: 8 dicas para começar seu negócio em 2021

Ele será responsável pela criação de um site de alto padrão, que permite que as pessoas encontrem o que precisam com facilidade. Para isso, você pode estabelecer categorias, como “informática”, que além dos tradicionais computadores conte com suporte para monitor de mesa, carregador, pen-drive, etc. 

3. Tenha um estoque

A menos que você venda etiqueta de acrílico ou qualquer outro tipo de produto personalizado, não tem desculpa para não ter um estoque à pronta entrega. Uma pessoa que realiza uma compra pela internet prioriza um recebimento rápido e não uma mensagem de “indisponível”. 

Se você quer realizar uma ótima gestão de lojas virtuais, precisa entender que a satisfação do seu cliente é fundamental. Desse modo, você tem que fazer de tudo para conquistá-la. Um comprador satisfeito é igual a alguém que faria uma nova compra e ainda te indicaria para os amigos. 

4. Invista nas redes sociais 

Vamos ser sinceros: Nenhuma loja virtual vai para frente se não estiver presente nas redes sociais! As plataformas permitem que o possível comprador conheça mais sobre você e os seus serviços. 

Além disso, é por meio das redes sociais que ele descobre se o seu negócio online é confiável ou não! Isso porque é nelas que ele tira dúvidas, conhece mais sobre a empresa, encontra outros compradores, etc. 

Por esse motivo, tenha uma presença ativa nas redes sociais e busque sempre solucionar os problemas que aparecerem com agilidade. Assim, você consegue atingir todos os seus objetivos e fidelizar os seus clientes! 

Gostou do nosso post sobre gestão de lojas virtuais: 4 dicas para fazer o seu negócio crescer? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Larissa Rhouse,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

CURTIU? COMPARTILHE:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

RECEBA DICAS EXCLUSIVAS DO WORDPRESS

Aumentamos nosso tráfego em 6,197% com o WordPress

Junte-se a centenas de empreendedores que recebem nossa newsletter com dicas privilegiadas do WordPress!

small_c_popup.png

FIQUE POR DENTRO!

Receba dicas GRÁTIS para impulsionar seu negócio na internet!